CURSO COMPLETO EM NÍVEL DE PÓSGRADUAÇÃO, MINISTRADO EM 2014

9 aulas gravadas em CDs de áudio MP3, acondicionados num fichário.

 



AULAS DO CURSO


Aula 1 - A interface Florensky-clínica: princípios epistemológicos

Aula 2 - Florensky, agonia sublime: a questão do infinito

Aula 3 - Florensky e a questão do Amor: a descontinuidade na clínica

Aula 4 - Amizade como fundamento da situação clínica: a contribuição de Florensky

Aula 5 - A pessoa como paradoxo, na visão de Florensky

Aula 6 - Desdobramentos da pessoalidade humana: a contribuição de Florensky

Aula 7 - O adoecimento da pessoa: a contribuição de Florensky

Aua 8 - Pavel Florensky: a Perspectiva Inversa e a situação clínica

aula 9 - Pavel Florensky:contribuições para a clínica



TRECHO INICIAL DA AULA 1


Vou assinalar que aspectos o pensamento de Florensky entraram nas minhas considerações sobre a clínica e porque. Hoje vamos ver o que foi o percurso de Florensky. O seu percurso é importante não só pelos dados biográficos que podemos considerar mas porque este percurso, de algum modo, explicita o seu posicionamento ético e seu posicionamento metodológico, diante de qualquer fenômeno existente. Um dos aspectos interessantes é que Florensky de fato realizou um tipo de intervenção na realidade nos mais diferentes registros. Ele realizou o que podemos denominar de uma investigação de um pensamento complexo. Complexo porque para ele não existe de um ponto de vista originário e fundamental. Embora toda ciência de uma maneira ampla considere o campo de pesquisa como relacionado a determinadas áreas, com metodologias da física, das ciências humanas, etc, para Florensky a estrutura da realidade é única. O conhecimento na área de física ilumina nossa possibilidade de discutir as problemáticas humanas. Não há no pensamento de Florensky esta divisão tão marcada principalmente no mundo ocidental, de que isto é área da Física, isto da Biologia, isto é de Humanas. Para ele todos os fenômenos estão enraizados numa mesma estrutura de realidade. Realizar o que ele faz não é algo simples. Como vão observar, Florensky era polivalente. Tem produções nas mais diferentes áreas do pensamento humano. É considerado um grande gênio.  A metodologia dele e o posicionamento diante da realidade é bastante complexo para nós que temos atrás de nós a tradição e o conhecimento ocidental.
É um pensamento complexo, difícil de se acessar, mas vamos tentar caminhar, para compreendermos como seu pensamento complexo acontece na situação clínica.
Eu conheci a obra de Florensky no final da década de 80. Meu percurso se deu na situação clínica, meu acesso de intervenção de trabalho e de pesquisa ocorreu na situação clínica, na qual eu operei durante muitos anos com a referência do pensamento de Winnicott. A razão desta escolha foi fundamentalmente porque Winnicott me ofertava uma perspectiva clínica que exigia um posicionamento ético não reducionista. Todo pensamento wiincottiano procura abarcar a situação humana na sua complexidade, sem redução ao registro pulsional, sem redução da obra humana a uma etiologia psicológica.
Winnicott considerava que cada fenômeno precisava ser compreendido em si mesmo e este é o paradigma fundamental da questão do brincar e da questão da obra de arte. Winnicott se colocava contra a tendência da Psicanálise a reduzir a obra de arte e o brincar a um modelo de compreensão psicopatológico. Portanto um dos aspectos fundamentais do pensamento de Winnicott era compreender o ser humano em sua magnitude, o ser humano acontecendo em uma experiência fundamentalmente relacional. A relação não é derivada do psiquismo, ela é fundante do psiquismo, o que é muito diferente. E Winnicott demanda que se compreenda o ser humano em todo seu contexto existencial: no aspecto relacional, no contexto sóciocultural, na dimensão transgeracional. Não é uma clínica que se restringe à compreensão do psíquico. O fenômeno humano, a problemática humana demanda este olhar polifônico, que permite compreender as vicissitudes da vida desta pessoa como acontecendo em vários registros --  e o psicológico é um deles.