contato
contato
contato
Busca por:
Carrinho de compras:
0
R$ 0,00

pagamento

Áreas selecionadas

 AT (Acomp. Terapêutico.)



 Informativo
Se você gostou da proposta de nossa livraria e deseja receber nossos informativos por email escreva para: atendimento@livrariaresposta.com.br

 Indicações
Você pode colaborar conosco indicando seus colegas e amigos para receberem nossos informativos clicando aqui.
 
 Programa das oficinas
 

                                           PROGRAMAÇÃO PARA OFICINAS ARTE & JUNG

                                                   DIA: 26/11/2016 -das 16.00 as 18.00 horas
                                                   (atividade optativa, com vagas limitadas)

                  INSCRIÇÕES PARA AS OFICINAS NO DIA DO SIMPÓSIO, NO PRÓPRIO LOCAL DO EVENTO

 

TEMAS / FACILITADORES

 


OFICINA 1 – MANDALAS

Mandala significa círculo, que é a forma perfeita, por isso expressa a totalidade do universo e da alma. As mandalas são a expressão simbólica da vida, e de acordo com Jung são um arquétipo de ordem, de integração e de plenitude psíquica e expressam o inconsciente. Ao desenhar uma mandala é possível estabelecer um diálogo entre ego e inconsciente, promovendo uma autocura através da integração. Desta forma, a mandala pode conservar a ordem psíquica ou restabelecê-la. Trabalhar com Mandalas promove relaxamento psicofísico pelo ato de desenhar e pela concentração e meditação, auxiliando no desenvolvimento da atenção, concentração, percepção e intuição. Também é um ótimo instrumento para ativar sonhos especiais ou fazer quem não se lembra deles começar a lembrá-los. Objetivo: Que o poder das mandalas seja reconhecido, apresentando a função do desenho delas para a organização da psique e aproximando o público da técnica, propondo que cada um desenhe sua mandala pessoal.

Facilitadoras: Katyanne Farias Segalla e Carla da Costa Albuquerque

 


OFICINA 2 - A MÁSCARA DO HERÓI

Para Jung todos nós carregamos complexos como parte natural da psique. O ego, que também é um complexo, se identifica com a imagem arquetípica do herói. Somos (ou deveríamos ser) o protagonista de nossas próprias vidas – ser o herói da nossa estória! Hoje em dia vemos heróis nos cinemas, nos livros, nos esportes, no dia a dia. Herói é aquele que de fato se aventura na jornada da vida! Herói guerreiros, heróis solidários, heróis não tão heróicos assim... e se você pudesse realmente ser um herói, como você seria? Qual é o herói da sua estória de vida?

Facilitadores: Gisele Laranjeiras, Fabio Augusto, Nelson Nunes e Francisco.

 


OFICINA 3- CALATONIA - O TOQUE SUTIL INTEGRADO À PSICOTERAPIA

A Calatonia é uma técnica de relaxamento profundo que leva à regulação do tônus, promovendo o reequilíbrio físico e psíquico da pessoa (promovendo a integração psicofísica). Essencialmente falando a Calatonia baseia sua atuação na “sensibilidade táctil”, através da aplicação de estímulos suaves, os toques realizados na calatonia se concentram nos dedos dos pés, calcanhar, tornozelo, panturrilha e apenas uma das posições é realizado na nuca.

A técnica foi criada por Pethó Sándor, um médico húngaro, que na época da segunda grande guerra mundial trabalhou no atendimento de feridos e refugiados em deslocamento pela Europa. Idealizou-se este método durante a segunda guerra mundial, com base nas observações feitas em casos de readaptação de feridos e congelados, no período posterior à grande retirada da Rússia.


Facilitadores:
1. Karina Santos

2. Silvana

3. Marron Araujo

4. Paula

5. Jozeane

6. Camila Recursos

7. Camila Psicoterapia

8. Ana Franco

9. Samantha

10. Irene

 


OFICINA 4 - MANDALAS DE VELAS: LUZ E SOMBRA

O processo de individuação consiste em alcançar a totalidade através do equilíbrio dos opostos, formado por aspectos consciente e inconsciente, contribuindo para a saúde psíquica que é vital para nossa existência. O equilíbrio e integração dos opostos possibilita que o individuo construa uma personalidade única, singular, tornando-se mais consciente de si próprio, aproximando-se cada vez mais daquilo que realmente é. A mandala pode ser vista como um símbolo universal que permite a organização do sistema psíquico e/ou o restabelecimento dele, pode ainda ser considerada uma forma de autoconhecimento, de ampliação da consciência, de crescimento e amadurecimento psíquico e facilitadora para o processo de individuação. O fogo é considerado símbolo de transformação, regeneração e conexão com o ser superior. É relacionado à função intuição, pois promove a consciência e favorece a criação. Assim, o objetivo da oficina de mandalas de velas é promover um espaço para que o participante possa se conectar consigo mesmo, explorar a sua criatividade e vivenciar na prática o seu potencial criativo, tornando-se mais consciente de seus conteúdos aqui emergidos. Conforme damos forma aquilo que não era integrado possibilitamos uma abertura para conscientizar-se, crescer e se autocurar.


Facilitadores: Daiane Piarete, Luiz Nelson Dévia Neto e
Ygor Santini Sellmer

 


OFICINA 5 – RESIGNIFICANDO A MEMÓRIA

A estimulação cognitiva vem cada vez mais ganhando espaço no tratamento não farmacológico, pois além de trabalhar a parte cognitiva, proporciona também bem-estar ao idoso, pois se vê ainda capaz de realizar muitas coisas. O objetivo desta oficina é trazer ao público mais jovens qual é a sensação de trabalhar estes aspectos, para se possível despertar o interesse de cada um em não cuidar da saúde física mas também da cognitiva, os participantes poderão ao longo da oficina sentir também como é ter limitações para assim trazer uma maior consciência da limitações dos idosos e promover mais respeito a essa geração.

Facilitadores: Paulla, Jozeane, Camila T., Roseneide

 


OFICINA 6 - A ARTE, O BELO E A ESTÉTICA NO CORPO


O processo criativo consiste numa ativação mais profunda do inconsciente e numa elaboração e formalização na obra acabada. O corpo, mesmo em estado cotidiano não deixa nunca de estar carregado de sentido. O movimento é a expressão particular de cada pessoa, revelando involuntariamente, suas mais íntimas características psíquicas. Objetivo da oficina é proporcionar aos participantes uma vivencia Corporal a partir de sua própria criatividade, criando um diálogo sincero de aproximação, acolhimento e transformação do corpo através da Dança Criativa, refletindo através do movimento as relações entre a arte, o belo e a estética.

Facilitadoras: Aline Yasumura e Fátima Araujo de Oliveira

 

OFICINA 7 – RIME (Relaxamento, Imagens Mentais, Espiritualidade.

A RIME (Relaxamento, Imagens Mentais, Espiritualidade) é uma técnica expressiva, desenvolvida pela Prof° Doutora e Pós Doc. Ana Catarina Araújo Elias, no decorrer da sua carreira profissional e acadêmica, ela utilizou essa técnica na área hospitalar em cuidados paliativos e em tratamentos com possibilidades de cura. A Visualização de Imagens Mentais (através da técnica de imaginação dirigida), associada ao Relaxamento Mental e Físico, colabora para a integração mente e corpo, proporcionando um melhor contato com o mundo interno e favorecendo mudanças de atitudes e ideias frente às experiências atuais. Esse contato com o interno se denomina Espiritualidade que não está em referência a uma determinada profissão de fé religiosa e sim na relação transcendental da alma com a divindade (interna – SELF) e na mudança que daí resulta. Religiões, por sua vez, são as confissões de fé. São formas codificadas e dogmatizadas de experiências religiosas originárias. (JUNG, 1986, vol XI).

Facilitadora: Karina Santos


OFICINA 8 - Em terras africanas – Interfaces entre psicologia analítica e mitologia afro-brasileira

A mitologia afro – brasileira é viva, presente e difundida por todo o Brasil. Quem nunca ouviu falar de Yemanjá, a rainha do mar? Ou então, no final do ano, foi pular sete ondinhas para começar o ano vindouro de maneira positiva?

Os orixás são arquétipos, que atuam em nossa psique em diferentes momentos da vida, constelando nos mais diversos momentos. A oficina visa trazer a explicação destes arquétipos, para maior entendimento e desmistificação, unida aos conceitos da psicologia analítica e a prática da dança específica de cada orixá.

Facilitador: Leonardo Tondato
 


OFICINA 9 - Danças circulares e cantigas de roda numa abordagem junguiana.

A dança é tema de muitos estudos de antropologia, sociologia, e psicologia pois é uma maneira de expressão dos sentimentos do ser humano, conhecida e praticada “desde os povos pré-letrados” até na nossa civilização contemporânea. Sempre existiram danças ligadas à religiosidade, à caça, à guerra, à fertilidade, ao casamento, entre outras.

Esta oficina apresenta danças circulares e cantigas de roda, e o quanto as mesmas, com simbolismos e gestos arquetípicos, podem facilitar a constelação do Arquétipo da Criança.



Facilitadora: Profa. Dra. Lúcia Helena Hebling Almeida

INSCRIÇÕES PARA AS OFICINAS NO DIA DO SIMPÓSIO, NO PRÓPRIO LOCAL DO EVENTO

 
   
Home | Nosso atendimento | . | EFT | . |  Fale conosco | SitePx