contato
contato
contato
Busca por:
Carrinho de compras:
0
R$ 0,00

pagamento

Áreas selecionadas

 AT (Acomp. Terapêutico.)



 Informativo
Se você gostou da proposta de nossa livraria e deseja receber nossos informativos por email escreva para: atendimento@livrariaresposta.com.br

 Indicações
Você pode colaborar conosco indicando seus colegas e amigos para receberem nossos informativos clicando aqui.
 

Livro: Inquisição: Prisioneiros do Brasil

 
 
 
Livro: Inquisição: Prisioneiros do Brasil

 

Inquisição: Prisioneiros do Brasil

- Séculos XVI a XIX
Autor(es): 

Anita Waingort Novinsky

Editora:  . Livros de editoras parceiras, para envio imediato
Área(s): 


Páginas:248 pág.


Preço: R$ 65,00
  Disponibilidade: 1 dia útil + prazo do frete

Descrição:


Os brasileiros que foram presos na época colonial, acusados de judaismo, homosexualismo, bigamia, feitiçaria, heresias e blasfêmias, todos delitos proibidos pela Igreja e pelo Estado.

Entre eles grandes nomes da nossa cultura como Bento Teixeira, o primeiro poeta do Brasil e Antonio José da Silva, o mais importante escritor de língua portuguesa do século XVIII, além de nomes das mais tradicionais famílias brasileiras, como Mesquita, Guimarães, Oliveira, Valle, Albuquerque, Cavancanti, Almeida, Prado, Sodré, etc, condenados a cárcere perpétuo e algumas vezes à fogueira.



Foram levados do Brasil cerca de mil prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam “diferente”. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, os inquisidores procuravam mais vítimas, recriando as heresias sempre que arrefeciam.

 

• A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, pelo nascimento, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos e índios, até onde a memória podia chegar. A esta imposição forçada de crença e pensamento, os diversos grupos étnicos responderam com uma contestação clandestina, recusando os dogmas, semeando a livre crítica e perpetuando seus costumes ancestrais.

• A este mundo subterrâneo e clandestino luso-brasileiro levam as fontes que são apresentadas, em Inquisição: Prisioneiros dos Brasil, da renomada historiadora e pesquisadora Anita Waingort Novinsky. Descortina-se aqui outro Brasil, subterrâneo e em grande parte inexplorado.

2ª edição - revista - 2009 


SOBRE A AUTORA

Anita Waingort Novinsky, livre-docente em história, pela Universidade de São Paulo (USP), graduou-se em filosofia por esta universidade. Professora-visitante na École des Hautes Études en Sciences Sociales, de Paris e nas Universidades de Rutgers-New Bruswich, Austin, Brown e Connecticut. Atualmente dirige pesquisa sobre a Inquisição no Brasil e ministra curso de pós-graduação no Departamento de História, na FFLCH–USP. Fundadora-presidente do Laboratório de Estudos sobre a Intolerância (LEI) da USP e do Museu da Tolerância, de cujo Conselho Administrativo é a atual presidente. É coordenadora principal do projeto Tolerância/Intolerância – Democracia e Cidadania, do Programa Institutos do Milênio, do CNPq, desenvolvendo cursos on line e o portal Rumo à Tolerância, na internet. Publicou numerosos artigos em jornais e revistas. É autora de, entre outras obras, Machado de Assis, os Judeus e a Redenção do Mundo (Humanitas, 2008), Gabinete da Inquisição: Uma "Caça aos Judeus" sem Precedentes (Humanitas, 2007), O Santo Ofício da Inquisição no Maranhão (Ed. da UEMA, 2006) e Cristãos-Novos na Bahia (Perspectiva, 1992) e coordenadora da publicação da obra clássica História dos Judeus em Portugal, de Meyer Kayserling, em português (2. ed. revista e ampliada, Perspectiva, 2009).


VEJA O MAIS RECENTE INFORMATIVO DA NOSSA LIVRARIA, COM OS LANÇAMENTOS RECOMENDADOS


E VEJA TAMBÉM OS LIVROS RECOMENDADOS, QUE TEMOS EM ESTOQUE PARA ENVIO IMEDIATO



E VEJA AQUI TODOS OS LANÇAMENTOS DO GRUPO A (medicina, área psi, educação)

E veja também logo abaixo os titulos recomendados dessas editoras parceiras preferenciais da Livraria Resposta (TODOS PARA ENVIO IMEDIATO)

IDÉIAS E LETRAS    PULSO EDITORIAL    VIEIRA & LENT     SBPSP - SOCIEDADE BRASILEIRA DE PSICANÁLISE - SP     RESPOSTA EDITORIAL


Veja os lançamentos e todo o acervo do Prof. Gilberto Safra no site do Instituto Sobornost


Veja também estes títulos recomendados, com prazos de envio bem curtos:


 
Livro: Inquisição: Prisioneiros do Brasil  
 
 
   
Home | Nosso atendimento | . | EFT | . |  Fale conosco | SitePx