contato
contato
contato
Busca por:
Carrinho de compras:
0
R$ 0,00

pagamento

Áreas selecionadas

 AT (Acomp. Terapêutico.)



 Informativo
Se você gostou da proposta de nossa livraria e deseja receber nossos informativos por email escreva para: atendimento@livrariaresposta.com.br

 Indicações
Você pode colaborar conosco indicando seus colegas e amigos para receberem nossos informativos clicando aqui.
 

Título: Teoria na produção de conhecimento, A

 
 
 
Livro: Teoria na produção de conhecimento, A

 

Teoria na produção de conhecimento, A

- Aula ministrada em 27 de maio de 2008 - gravação em áudio MP3
Autor(es): 

Gilberto Safra

Editora:  Instituto Sobornost (a obra de Gilberto Safra)
Área(s): 


Páginas:1 CD-ÁUDIO-MP3


Preço: R$ 39,00
  Disponibilidade: envio em 2 dias úteis + prazo do frete


Descrição:

Apresentação do tema através de um resumo do início da aula

Todas as perspectivas teóricas possuem um vértice epistemológico, uma concepção sobre o Real, sobre o Ser e também contêm uma concepção antropológica sobre o ser humano.
Um ponto fundamental é o lugar da teoria na produção do conhecimento. Teoria é essa rede conceitual comprometida com visão sobre o Real, o Homem e o conhecer.
De um ponto de vista geral, o posicionamento da teoria acontece de 3 modos distintos:
1) a teoria se apresenta como campo de referência do investigador, possibilita dimensão dialógica no texto. A pessoa que vai pesquisar se debruça sobre um tema e coloca suas observações, seus enfoques em diálogo com a teoria, que vai funcionar como referência. Um aspecto fundamental do uso teoria é ser esta referência. Frente a determinada experiência, que é o foco de investigação ou campo empírico de investigação, o pesquisador terá na teoria um referente que colocará em dialogo os dados com a perspectiva teórica. Isso é importante porque não há um trabalho de investigação quando os fenômenos sobre os quais o pesquisador está ocupado se tornam simples ilustração da teoria.Certos trabalhos no meio científico apresentam áreas sem valor de investigação, na medida em que usam dados como eventos da teoria. A teoria não vem para que os dados sejam exemplos grudados nela, mas a teoria permite ir e vir em direção aos fatos e colocá-los sob reflexão.
2) há um segundo uso da teoria quando os trabalhos pretendem discutir a própria teoria. Ela é o objeto de reflexão da investigação que está sendo realizada. Há neste sentido dois desdobramentos possíveis: por um lado há trabalhos que procuram colocar uma investigação da teoria num horizonte histórico. Os objetivos neste tipo de trabalho se voltam para necessidades de encontrar princípios históricos e limites da teoria, dados pelo campo histórico. Outro uso da teoria aparece quando ela  é objeto de estudo pela sua trama conceitual. Neste caso temos trabalhos que pinçam um ou dois conceitos dessa teoria e fazem um verdadeiro garimpo para mostrar como este conceito se origina no campo teórico e como se articula com outros conceitos.


VEJA O MAIS RECENTE INFORMATIVO DA NOSSA LIVRARIA, COM OS LANÇAMENTOS RECOMENDADOS


E VEJA TAMBÉM OS LIVROS RECOMENDADOS, QUE TEMOS EM ESTOQUE PARA ENVIO IMEDIATO



E VEJA AQUI TODOS OS LANÇAMENTOS DO GRUPO A (medicina, área psi, educação)

E veja também logo abaixo os titulos recomendados dessas editoras parceiras preferenciais da Livraria Resposta (TODOS PARA ENVIO IMEDIATO)

IDÉIAS E LETRAS    PULSO EDITORIAL    VIEIRA & LENT     SBPSP - SOCIEDADE BRASILEIRA DE PSICANÁLISE - SP     RESPOSTA EDITORIAL


Veja os lançamentos e todo o acervo do Prof. Gilberto Safra no site do Instituto Sobornost

 
Título: Teoria na produção de conhecimento, A  
 
 
   
Home | Nosso atendimento | . | EFT | . |  Fale conosco | SitePx