contato
contato
contato
Busca por:
Carrinho de compras:
0
R$ 0,00

pagamento

Áreas selecionadas

 AT (Acomp. Terapêutico.)



 Informativo
Se você gostou da proposta de nossa livraria e deseja receber nossos informativos por email escreva para: atendimento@livrariaresposta.com.br

 Indicações
Você pode colaborar conosco indicando seus colegas e amigos para receberem nossos informativos clicando aqui.
 

Livro: Despenhadeiro, O

 
 
 
Livro: Despenhadeiro, O

 

Despenhadeiro, O


Autor(es): 

Fernando Vallejo

Editora:  . Livros de editoras parceiras, para envio imediato
Área(s): 

ISBN: 9788560281480


Páginas:176 pág.


Preço: R$ 19,00
  Disponibilidade: envio em 2 dias úteis + prazo do frete


Descrição:

Alfaguara lança no Brasil romance premiado de Fernando Vallejo, um dos mais polêmicos escritores da atualidade

 

"Sua ira explosiva é tão brilhante, tão sonora, real, sincera, às vezes divertida, quase sempre cruel, que sua leitura é algo prazeroso e estimulante."  Pedro Almodóvar

 

A mãe é tratada como "A Louca", o irmão caçula, chamado de "Grande Cretino", "aborto da natureza", mulheres grávidas em geral, de "vacas cínicas" e o papa Karol Wojtyla, de "travesti polonês", "besta vaticana". O narrador de O despenhadeiro, papel assumido sem disfarces por Fernando Vallejo em mais este romance de tintas autobiográficas, é sempre assim, como ele mesmo define: "emenda maldições umas atrás das outras, como ave-marias de um rosário".

 

Herege convicto, o polêmico autor de origem colombiana aproveita para voltar a exibir neste romance sua declarada aversão pela Igreja Católica, sua ácida visão dos relacionamentos familiares e seu ódio escancarado pela sociedade burguesa. Com a característica ferocidade que permeia seu texto, Vallejo narra em O despenhadeiro a derrocada de sua família em meio à Colômbia violenta que abandonou há mais de trinta anos. Residente no México desde 1971, o escritor sempre fez questão de alardear sua opção pela cidadania mexicana como forma de protesto contra seu país natal.

 

Em O despenhadeiro, nada escapa a sua crítica raivosa. Nesta história que transita entre o real e o imaginário, lembranças se sobrepõem ao presente no qual a própria morte se transforma em uma das protagonistas, rondando a casa onde o autor vê adoecerem as pessoas a quem sempre foi mais ligado: seu pai, um importante político colombiano, e depois seu irmão Darío, com quem compartilhou experiências intensas na juventude.

 

Considerado um dos autores mais originais de sua geração e um dos principais nomes da atual literatura latino-americana, Fernando Vallejo é vencedor do prêmio Rômulo Gallegos de 2003, um dos mais importantes prêmios literários de língua espanhola, que dedicou aos animais, que "sofrem e sentem como nós, são nossos companheiros no horror da vida".

 

Pelo fato de assinar livros fortemente autobiográficos e reveladores, chegou a ser comparado, na França, a Lautréamont e seus Cantos de Maldoror. Segundo o jornal Le Monde, seu estilo é "inesquecível", e "o leitor, aturdido, estupefato, mas ao mesmo tempo fascinado, se deixa levar".

 

"O que meus leitores estão ouvindo atrás das palavras impressas é minha voz. E não estão lendo um livro: estão lendo minha alma", diz Vallejo, que mostra seu auge criativo em O despenhadeiro. Seu estilo único surpreende desde as primeiras páginas, seja pela franqueza com que fala da família, pelas descrições de uma violenta Medellín ou pela ironia com que trata tudo.  Mas Vallejo esclarece:

 

"Uma coisa é o que digo, outra é o que dizem meus livros. Eles não são escritos para sustentar teses. São livros terroristas porque, no fim das contas, como não devo nada a ninguém, tenho o direito de debochar de tudo e não há nada sobre o que eu não me sinta no direito de debochar. Bem, exceto os animais, porque deles não consigo debochar sem compaixão."

 

Tradução Bernardo Ajzenberg

 

 

AUTOR

 

Fernando Vallejo nasceu em outubro de 1942 em Medellín, na Colômbia. Formado em biologia, estudou também cinema e dirigiu três filmes antes de se dedicar à literatura. É autor de ensaios e romances autobiográficos, entre eles o ciclo conhecido como El río del tiempo, que inclui cinco livros - Los días azules (1985), El fuego secreto (1987), Los caminos a Roma (1988), Años de indulgencia (1989) e Entre fantasmas (1993)  -, além de A virgem dos sicários (1994) e Mi hermano el alcalde (2004). Com O despenhadeiro, publicado originalmente em 2001, recebeu o prêmio Rómulo Gallegos de 2003. O autor vive no México desde 1971.


VEJA O MAIS RECENTE INFORMATIVO DA NOSSA LIVRARIA, COM OS LANÇAMENTOS RECOMENDADOS


E VEJA TAMBÉM OS LIVROS RECOMENDADOS, QUE TEMOS EM ESTOQUE PARA ENVIO IMEDIATO



E VEJA AQUI TODOS OS LANÇAMENTOS DO GRUPO A (medicina, área psi, educação)

E veja também logo abaixo os titulos recomendados dessas editoras parceiras preferenciais da Livraria Resposta (TODOS PARA ENVIO IMEDIATO)

IDÉIAS E LETRAS    PULSO EDITORIAL    VIEIRA & LENT     SBPSP - SOCIEDADE BRASILEIRA DE PSICANÁLISE - SP     RESPOSTA EDITORIAL


Veja os lançamentos e todo o acervo do Prof. Gilberto Safra no site do Instituto Sobornost

 
Livro: Despenhadeiro, O  
 
 
   
Home | Nosso atendimento | . | EFT | . |  Fale conosco | SitePx